Preparador físico Pablo Fernández, que agrediu Pedro, é demitido pelo Flamengo; entenda

 

 

 

 

 

Neste domingo, 30 de julho, o Flamengo decidiu demitir o preparador físico Pablo Fernández, que agrediu o atacante Pedro com um soco no rosto, no vestiário da Arena Independência, em Belo Horizonte, logo após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético de Minas Gerais. A decisão do clube foi comunicada para o argentino no começo da noite deste domingo. A direção ainda terá uma reunião com Jorge Sampaoli para definir o futuro do treinador.

Antes mesmo da confirmação da saída, o clima já era de demissão, antes mesmo da delegação voltar para o Rio de Janeiro. Pablo ficou em BH para prestar depoimento na delegacia, assim como Pedro, que precisou fazer um exame de corpo de delito num IML para registrar nos autos do caso.

Pablo Fernández, além de ser preparador físico, tinha uma importante na comissão técnica de Sampaoli. Ela tinha voz ativa nas decisões e inclusive dava treinos no Ninho do Urubu. Por enquanto, a situação de Marcos Fernández, filho de Pablo, está indefinida.

Ainda neste domingo, o vice de futebol Marcos Braz e o diretor Bruno Spindel vão se reunir com Sampaoli. O presidente Rodolfo Landim, que está de férias em Miami, participa ativamente das decisões, e também fala constantemente ao telefone com os dirigentes sobre o caso.

Pablo chegou ao Rio na manhã desde domingo e se pronunciou apenas por meio de uma nota oficial. Ele pediu desculpas para Pedro, e reforçou o desejo de se acertar com o jogador. Pablo confessou ter reagido da pior forma na situação.

O comunicado de Pablo para a imprensa:

“Entrei no vestiário muito chateado, querendo resolver logo a situação e fiz errado. Foi planejado que hoje seria um dia de folga. É uma pena, porque eu gostaria de poder, primeiro, falar sobre isso pessoalmente com todos os funcionários do clube. Senti-me muito magoado com uma situação e reagi da pior forma”, disse ele.

Pablo segue: “Entrei no vestiário muito chateado, querendo resolver logo a situação e fiz errado. Foi planejado que hoje seria um dia de folga. É uma pena, porque eu gostaria de poder, primeiro, falar sobre isso pessoalmente com todos os funcionários do clube. Senti-me muito magoado com uma situação e reagi da pior forma”.

Ele se mostra arrependido com o incidente: “Definitivamente, se eu tivesse divergências com o Pedro deveria tê-las resolvido em outro momento e de outra forma. Vou tentar fazer isso acontecer. Vou trabalhar para mudar e ser melhor”.

Você também deve se interessar

Drauzio Varella revela que recebeu ameaças e admite: “O erro foi meu, totalmente meu”

Drauzio Varella revela que recebeu ameaças e admite: “O erro foi meu, totalmente meu”

Em março de 2020, o renomado médico Drauzio Varella causou polêmica ao abraçar uma detenta durante...

Sidney Sampaio está em estado ‘estável’, após queda em hotel, informa boletim médico

Sidney Sampaio está em estado ‘estável’, após queda em hotel, informa boletim médico

O jornal Extra, do grupo Globo, teve acesso ao boletim médico do ator Sidney Sampaio, que está em...

Manoel Gomes revela que até hoje não recebeu ‘um real’ por música Caneta Azul; entenda

Manoel Gomes revela que até hoje não recebeu ‘um real’ por música Caneta Azul; entenda

A música “Caneta Azul”, lançada pelo cantor Manoel Gomes em 2019, tornou-se um...

Você está aqui: