Manoel Gomes revela que até hoje não recebeu ‘um real’ por música Caneta Azul; entenda

 

 

 

 

 

A música “Caneta Azul”, lançada pelo cantor Manoel Gomes em 2019, tornou-se um verdadeiro fenômeno viral no Brasil, conquistando milhões de fãs em todo o país. No entanto, apesar de seu sucesso estrondoso, Manoel Gomes alega que não recebeu nenhum valor referente aos direitos autorais da música. O cantor acusa seus ex-empresários, Joab Castro e Leonardo Santana, de desviarem mais de R$ 7 milhões de suas contas bancárias.

Manoel Gomes afirma que, mesmo com o sucesso da música, ele se manteve apenas com os cachês dos shows e os pagamentos por parcerias musicais. A falta de recebimento dos direitos autorais causou um grande prejuízo ao cantor, tornando sua situação financeira bastante difícil. Ele lamenta não ter conseguido comprar algumas casas em Balsas (MA), como havia planejado. Segundo o artista, os supostos desvios foram realizados por Joab Castro e Leonardo Santana, que foram seus empresários.

Manoel Gomes afirma não saber quem ficou com o dinheiro desviado. Em entrevista exclusiva ao site Splash do UOL, realizada em São Paulo, o cantor declarou: “Ele (Joab Castro) disse que não tinha recebido nada. Até hoje não sei como ficou esse pepino”. Manoel Gomes também acusa Joab Castro de maus-tratos, alegando que o empresário o insultava e ameaçava agredi-lo. Essa relação conturbada parece ter contribuído para o agravamento do conflito.

Leonardo Santana, filho de Joab Castro, rebate as acusações de Manoel Gomes e alega que ainda mantém um contrato válido como empresário do cantor. Ele afirma que não está atrapalhando as negociações e que está apenas esclarecendo a verdade para as empresas interessadas. Segundo Leonardo Santana, o contrato vigente impede que Manoel Gomes assine qualquer acordo individualmente.

Joab Castro nega ser responsável pelo suposto desvio de dinheiro e sugere que a reportagem entre em contato com Manoel Gomes para verificar informações sobre a gravação do CD e a responsabilidade do selo e da gravadora. Laércio da Costa, responsável pela QÉS Music (gravadora responsável pelo álbum), afirma que também nunca recebeu nenhum valor e que o CD foi uma doação sua. Ele alega ter feito um acordo com Manoel Gomes e afirma que, se houvesse algum problema, já teriam sido processados. Leonardo Santana argumenta que o conflito é um “complô” dos outros dois empresários para tomar posse de sua parte na sociedade.

A disputa legal e os próximos passos

A equipe jurídica de Manoel Gomes pretende abrir um processo judicial contra Leonardo Santana e Joab Castro, alegando desvio de cachês e analisando os contratos de publicidade assinados nos últimos quatro anos. O advogado do cantor, João Nascimento, informou que estão preparando toda a documentação necessária para o processo. Por outro lado, Leonardo Santana afirma que nunca foi abordado para discutir o assunto e acusa os demais de impedirem o contato entre ele e Manoel Gomes.

Manoel Gomes acusa Joab Castro de “maus-tratos”. Segundo o cantor: “Ele ficava gritando, chamando de burro e de bobo. Até ameaçava bater. Não tinha educação”, disse Manoel ao Splash.

Você também deve se interessar

Belo confirma que dívida com Denilson foi paga, após mais de 20 anos; jogador diz que briga não foi resolvida

Belo confirma que dívida com Denilson foi paga, após mais de 20 anos; jogador diz que briga não foi resolvida

Depois de 22 anos de uma longa batalha judicial, o cantor Belo finalmente quitou sua dívida...

Ator Sidney Sampaio destrói quarto de hotel e pula de 5º andar de prédio do Rio de Janeiro

Ator Sidney Sampaio destrói quarto de hotel e pula de 5º andar de prédio do Rio de Janeiro

Durante a madrugada desta sexta-feira, 4, o ator Sidney Sampaio teve um surto. Ele teria entrado em...

Mari Bridi posa com looks deslumbrantes e ignora Rafael Cardoso, que será pai novamente

Mari Bridi posa com looks deslumbrantes e ignora Rafael Cardoso, que será pai novamente

A influenciadora Mariana Bridi chamou a atenção dos seguidores recentemente ao compartilhar um vídeo...

Você está aqui: